Pensamentos negativos geram comportamentos e atitudes igualmente negativos. Mas, o contrário é verdadeiro: pensamentos positivos contagiam e nos inspiram a pensar e agir positivamente. Embora seja algo relativamente simples, o grande desafio é saber o que fazer para que a nossa mente fique livre de pensamentos e ações negativas.

Digo isso a partir do que vejo nas vidas e carreiras de muitas pessoas. Mais ainda: digo isso a partir do que eu mesmo vivencio, pois a nossa mente vive pregando peças em nós e nos levando a ter pensamentos negativos e pessimistas a respeito de muitas coisas.

Esse é o pano de fundo do livro “Limite Zero”, escrito por Joe Vitale. Além de apresentar para nós a filosofia do Ho’oponopono – antigo sistema havaiano de meditação e purificação dos pensamentos – o autor conta a história de como conheceu o psicólogo havaiano Hew Len, coautor do livro e principal responsável por aprender, aplicar e disseminar esse método nos EUA.

O livro já vale a pena ser lido simplesmente por conta desta história, pois a forma como os autores do livro se conheceram e, principalmente, se tornaram parceiros e amigos, reforça ainda mais algumas coisas em que acredito muito: carma, almas gêmeas, propósito e o fato de que certas coisas acontecem conosco porque têm que acontecer.

Mas, o livro se concentra principalmente em frisar algo que parece óbvio, mas que às vezes deixamos de lembrar: somos os únicos responsáveis por aquilo que nos acontece.

Os autores deixam claro que os problemas que acontecem conosco são apenas repetições de coisas que aconteceram no nosso passado, que a mente traz à tona como uma oportunidade de enxergar o que acontece sob outra perspectiva, de inspiração e aprendizado.

A filosofia havaiana apresentada nesse livro sustenta que temos que ter total responsabilidade pelas coisas que acontecem conosco e que, via de regra, tudo que está ao nosso redor é gerado pela força do nosso pensamento.

Assim, bons pensamentos e boa energia irá atrair pessoas e fatos semelhantes para nós. Confesso que alguns textos do meu livro e a palestra “A Excelência Contagia” se inspiram fortemente nesta premissa.

Mas, a pergunta permanece: o que fazer para levarmos a nossa mente a ter pensamentos positivos para assim mudar o ambiente ao nosso redor? O mais surpreendente é que a resposta é simples e sua execução não dá trabalho algum, pois se baseia em pensar e verbalizar constantemente quatro poderosas expressões:

  • Sinto muito: reconhecer o que você fez coisas que aconteceram que podem ter influenciado ou prejudicado alguém ou você mesmo;
  • Perdoe-me, por favor: você pede perdão às pessoas, a si mesmo e ao Universo;
  • Obrigado: expressar gratidão é mostrar humildade e confiança em si mesmo e nas outras pessoas;
  • Eu te amo: transforma energias negativas em positivas e faz as boas energias fluírem no ambiente.

Embora sejam atitudes fáceis, é preciso muita disciplina e aplicação contínua para estarmos constantemente atentos a esses pontos. Mas, o primeiro passo é ter consciência de que tudo que nos acontece é fruto de nossos pensamentos e atitudes.

Assim, paramos de culpar as outras pessoas e o mundo ao nosso redor pelo ambiente em que vivemos, até porque a dinâmica do Universo é exatamente o contrário: o que as pessoas são, o que nos acontece e o ambiente ao nosso redor é produto dos nossos pensamentos e atitudes.

A boa notícia é que o sistema é simples! E funciona!

 

FICHA CATALOGRÁFICA:
VITALE, Joe; LEN, Ihaleakala Hew. Limite zero. São Paulo: Rocco, 2009.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.