Nossa mente está povoada com três tipos de tempo distintos: o passado, que traz para nós quase que diariamente lembranças das coisas positivas que aconteceram, assim como as memórias mais negativas e, principalmente, os fatos que ficaram registrados de forma indelével em nosso subconsciente. O passado, para muita gente, provoca saudosismo!

Há também o futuro, que surge diante de nós por meio das nossas expectativas, dos fatos que aguardamos ansiosamente, das coisas que queremos alcançar lá na frente, da sensação que iremos ter quando determinada coisa acontecer. São nossos objetivos, que para muita gente servem como impulsionadores do seu dia-a-dia. Mas também são as preocupações que temos com tudo aquilo que pode vir a acontecer e que na maioria das vezes não acontece. No entanto, assim como o passado pode gerar um saudosismo exagerado, o futuro pode gerar uma ansiedade nociva e desnecessária.

E há o momento presente. É o agora! O passado não pode ser alterado! E o futuro é um momento no tempo que nunca chegará, pois quando chegar será um novo presente. E embora pareça óbvio demais, devemos mencionar que o momento presente é tudo o que temos para viver.

Esse é o eixo principal do livro “O Poder do Agora”. Fruto de um insight resultante de um momento delicado ocorrido na vida do escritor, o livro mostra o quanto a mente pode nos escravizar, amarrando-nos a fatos que aconteceram (passado) ou à ansiedade pelo que eventualmente pode acontecer (futuro).

E assim a nossa mente pode desviar nosso foco da única coisa que é real e tangível para nós, que é o presente. Aliás, vale salientar que o momento presente é de fato, um presente. Sem trocadilhos, o momento presente é a dádiva mais importante que recebemos.

A mensagem do livro está altamente baseada nos ensinamentos espirituais contidos em diversas religiões, sendo que em diversas ocasiões o autor mostra seus conceitos fundamentados em passagens contidas em diversos livros sagrados, como a Bíblia Sagrada, os Veda Hindus, o Torá, etc.

Mas embora tenha um viés espiritual e esteja bem fundamentado em algumas escrituras sagradas, O Poder do Agora não é um livro religioso ou sobre religiões. Na realidade, é um livro que fala sobre o elemento fundamental de todas as crenças e religiões: o ser humano. E mostra o quão divino o ser humano é, despertando em nós a importância de ocuparmos o papel central de nossas próprias vidas.

É um livro para ser lido e relido. É um livro que faz muito sentido e que pode provocar significativas mudanças em nossas vidas na medida em que entendermos e incorporarmos suas mensagens.

FICHA CATALOGRÁFICA:

TOLLE, Eckhart. O poder do agora: um guia para a iluminação espiritual. São Paulo: Sextante, 2002.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.