Tenho uma grande amiga que fala essa frase o tempo todo: Gente boa atrai gente boa! E não é que ela está certa?

O meu trabalho na área de desenvolvimento humano e organizacional permite que eu veja os comportamentos e atitudes das pessoas em sua vida profissional. Algumas pessoas eu acompanho individualmente, em processos de Coaching. Além disso, também tenho a oportunidade de acompanhar várias outras nos meus trabalhos de consultoria. E em todos os casos é possível afirmar que, de fato, gente boa atrai gente boa.

Nós podemos justificar essa frase sob a ótica da Física Quântica, da Biologia, ou até mesmo com base no esoterismo ou espiritualidade. Mas, eu acho que a principal evidência de que a frase do título deste texto é verdadeira é a experiência prática; é vivenciar isso!

Por exemplo: imagine um grupo de pessoas – seja na vida pessoal ou profissional – com o qual você está habituado a interagir. Vamos supor que, em um determinado dia, você se encontra com essas pessoas e uma delas está muito mal-humorada ou aborrecida com algo que lhe aconteceu. Todos irão notar essa mudança e irão manifestar preocupação. Perguntarão “o que aconteceu?” ou “posso ajudar em alguma coisa?”. Se a pessoa que está mal-humorada se abrir e aceitar a ajuda, é provável que todos irão se sentir solidários e a tratarão de uma forma diferenciada, para ajudar a melhorar o ânimo da pessoa que está mal-humorada.

No entanto, se a pessoa se esquivar, se fechar, permanecer ranzinza ou até tratar alguém de forma mal-educada, é provável que os demais se afastarão e serão indiferentes com aquele que está mal-humorado. É simples assim. Nós não apreciamos ficar na companhia de pessoas chatas ou mal-humoradas.

Só que isso não serve apenas para a questão do humor, serve também para os valores, a moral e a ética. Pessoas do bem atraem pessoas do bem. Pessoas trabalhadoras atraem pessoas que gostam de trabalhar. Pessoas positivas atraem pessoas positivas (aliás, tire da cabeça aquela ideia de que os opostos se atraem. Isso vale somente para os imãs).

As vezes, a gente se pergunta porque determinadas pessoas são bem-sucedidas e porque tem gente que tem sucesso em todos os projetos que empreende. Ficamos sempre a analisar a forma como tudo foi planejado e executado, a eficiência ou a gestão do projeto, quando, na realidade, deveríamos olhar primeiramente para as pessoas que estão do lado daquele que é bem-sucedido. É bem provável que ele esteja cercado de pessoas igualmente bem-sucedidas, que estão na mesma batida e vibram na mesma energia.

Nossos pensamentos determinam nossas palavras e atitudes, que reverberam, ecoam por aí na vibração que a gente dá para eles. Se queremos saber o que estamos espalhando por aí, basta analisar o que estamos recebendo de volta e para as pessoas que estão ao nosso redor. Lembre-se: bons comportamentos e atitudes irão atrair comportamentos e atitudes igualmente positivos para nós. Desnecessário dizer então que o contrário é verdadeiro, você não acha?

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.