Este ano? Sim, ainda em 2017! Após virar mais uma página do calendário e começarmos o segundo semestre, vi muita gente exclamar: “Como o ano está passando rápido!” É verdade! Também tenho a mesma impressão! E essa talvez seja a primeira forte razão para começar um processo de Coaching ainda neste ano:

1. A realização dos seus objetivos para este ano

Muita gente faz as famosas resoluções de ano novo a fim de começar o ano de forma diferente, realizando vários objetivos que há muito vinha adiando.

Só que, na maioria das vezes, aquela empolgação inicial que temos quando começamos o ano, quando temos vontade de fazer grandes mudanças, perde força porque logo acabamos voltando à nossa realidade; deixamos que as crenças limitantes, a falta de motivação e várias outras desculpas predominem e impedem que a gente deixe a zona de conforto. Um dos motivos para essa inércia resulta no autoconhecimento.

2. Autoconhecimento

O autoconhecimento é um processo de descoberta. E descobrir nada mais é do que “des/cobrir”, ou seja, tirar aquilo que nos cobre, que cobre nossos olhos e impede que vejamos coisas importantes sobre nós mesmos e sobre o ambiente ao nosso redor.

Fala-se muito em autoconhecimento no Coaching, como se fosse algo que tivesse que ser criado durante o processo. Na realidade, é bem diferente. É até mais simples, pois o autoconhecimento permite que vejamos o que sempre esteve diante dos nossos olhos. Assim, fica muito mais fácil definir o que vamos fazer.

3. Foco

Ter foco significa saber exatamente onde queremos chegar e quais os passos necessários para lá chegar. Não se trata de inventar objetivos e criar métodos complexos para alcançar o que desejamos, mas sim de trilhar o caminho que ficou desvendado por meio do autoconhecimento.

O autoconhecimento deixou as coisas mais simples. Descomplicou muitas coisas, o que faz com tudo fique mais claro. Faz com que tenhamos foco e ter foco é ter a certeza sobre aonde queremos chegar e de que estamos prontos para chegar lá.

4. Ação

Ação diz respeito a fazer as coisas. Claro! Mas, mais importante do que isso, é saber como aplicar os nossos esforços com a dose adequada de energia.

É saber em quanto tempo nós encontraremos o que desejamos e também com quem poderemos contar para nos ajudar nessa caminhada. A ação tem a ver com saber o que fazer e como fazer e, além disso, reconhecer o aprendizado que está nessa caminhada.

5. Aprendizado

Coaching tem a ver com um grande aprendizado. O processo de Coaching levará a pessoa a conhecer melhor a si mesmo, ter foco e a agir em direção dos seus objetivos.

Mas há uma grande lista de valores agregados que acompanham o processo de Coaching e talvez o maior deles seja o aprendizado. Uma coisa é certa, não há Coaching sem ação e toda ação resulta em aprendizado.

Os melhores argumentos para você fazer um processo de Coaching esse ano são esses. Acredito também que as pessoas que você conhece e que já fizeram podem dar referências positivas a respeito e, diante destas referências, a melhor sugestão que posso dar é: faça seu processo!

É a melhor forma de rompermos aquela inércia que faz com que a gente deixe tudo para depois. Estamos em agosto e o calendário deste ano ainda nos dá bastante tempo para realizarmos o que desejamos.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.