Data de nascimento, placa do carro, CPF, conta bancária, telefone… Ufa!! São só alguns exemplos de números que fazem parte da nossa vida; sem falar nas senhas que temos que decorar para gerenciar ou acessar vários destes números. Essa “numerologia” faz parte da nossa vida desde que nascemos e, é certo, tornar-se-á ainda mais presente no nosso cotidiano.

Ao longo dos últimos anos, outros números importantes passaram a fazer parte das rodas de conversa dos brasileiros. Tendo em vista esse período de recessão econômica da qual o país está lentamente se recuperando, números acabam nos dando indícios de como está a nossa Economia e, principalmente, de como é o panorama para esse ano.

Os números a que me refiro são o PIB (Produto Interno Bruto – que é o indicador de toda a riqueza produzida no país -, a inflação (variação nos preços ao consumidor), a taxa de dólar (quantos Reais precisamos para comprar 1 dólar) e a taxa SELIC (taxa básica de juros). Infelizmente, a maioria dos brasileiros desconhece esses números e não têm a noção do quanto eles impactam nas nossas vidas.

Mas, tem gente que está muito ligada nesses números, principalmente, os empresários. Exemplo disso é uma notícia que eu ouvi no rádio há alguns dias: vários Economistas e empresários reuniram-se para debater sobre estes indicadores e, deste debate, surgiu uma projeção dos números para o ano de 2020. Pelo que eu me lembre, os números eram os seguintes:

  • PIB: previsão de crescimento de 2,3%;
  • Taxa do dólar: deve terminar o ano próximo a R$ 4,10;
  • Taxa SELIC: a projeção aponta para uma taxa de 4,25% ao ano;
  • Inflação: a previsão é de que seja de 3,4%.

Trocando em miúdos, esses números mostram uma clara evolução da Economia. Mas, o mais importante é que são números que refletem o otimismo dos empresários e especialistas para com a recuperação econômica do país, abrindo o caminho para que os anos futuros sejam ainda melhores.

Neste momento, pode ser que você esteja se perguntando: o que esse post tem a ver com carreira e liderança? Pois é, nos meus processos de Coaching, eu sempre recomendo que as pessoas saibam dos números da Economia, porque, quando falamos com empresários, fatalmente entramos nesse assunto e é bom conhecer esses temas. Faz bem para a nossa imagem.

Mais importante do que isso, é saber que o emprego de muita gente pode ser salvo por conta do otimismo da classe empresarial para com esses números. São números como esses que definem se a classe empresarial vai investir ou puxar o freio de mão. Se vão contratar ou demitir. É por isso que esses números são mágicos!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.