Boa parte dos casais brasileiros brigam em casa por causa de dinheiro quando se trata do orçamento doméstico. Em geral, a alegação é de que o orçamento – o dinheiro disponível – sempre é mais curto do que as despesas para a manutenção do padrão de vida da família. Outra alegação muito comum é a de que não é possível reduzir as despesas para acabar com o ciclo vicioso de gastar mais do que se ganha, o que acaba levando as pessoas a atrasar o pagamento de contas, entrar no cheque especial, etc.

 

O Coaching Financeiro começa trabalhando justamente nestes conceitos, mostrando que o padrão de vida da família não precisa ser prejudicado para que haja um equilíbrio entre as receitas e despesas. E, além de permitir um equilíbrio da vida financeira da família, há três benefícios muito claros que são proporcionados pelo Coaching Financeiro:

 

  • Cria o hábito de ter lucro: ter lucro é essencial para as pessoas, assim como para as empresas. A partir do momento que temos lucro, começamos a vislumbrar as várias coisas maravilhosas que podemos realizar quando temos condições de investir nosso dinheiro;

 

  • Realiza sonhos de consumo: o dinheiro somente tem sentido quando serve a algum propósito. Então, se é para gastar o dinheiro, que seja na realização dos sonhos de consumo (casa, carro, viagens, faculdade, etc…);

 

  • Acaba com as brigas: na medida em que as pessoas começam a falar mais abertamente sobre dinheiro, a gente evita os conflitos e as “bombas” que acabam estourando nosso orçamento.

 

O primeiro ponto a ser analisado antes de se realizar o planejamento financeiro familiar é o perfil financeiro de cada pessoa, ou seja, como você lida com o seu dinheiro. A partir do momento em que cada pessoa entende seu perfil financeiro, fica mais fácil agir em direção daquilo que deseja, usando as características positivas de cada perfil como alavanca para alcançar seus objetivos.

 

Importante também dizer que o Coaching Financeiro também traz benefícios para quem já tem um perfil planejador e que controla bem o seu dinheiro, pois a metodologia do Coaching auxilia no estabelecimento de planos para que a pessoa realize objetivos de médio prazo. É comum, por exemplo, que pessoas queiram utilizar seus recursos para abrir o próprio negócio ou fazer outros investimentos.

 

Da mesma forma, o Coaching Financeiro é indicado para qualquer faixa de renda. Muitos pensam que é preciso “ganhar muito” para fazer Coaching Financeiro, mas, na realidade, é exatamente o contrário: muitos casos de sucesso em planejamento financeiro pessoal vêm de pessoas cuja receita mensal está aquém do que as pessoas imaginam.

 

O Coaching é para todos. Especialmente o Coaching Financeiro!

Participe da discussão

2 comentários

    1. Boa tarde, Pedro!

      Agradeço pelo tempo que você dedicou à leitura do post e pelo seu feedback. Faz com que a gente busque melhorar nossas pesquisas e conteúdos para publicar artigos cada vez melhores! Nos empenharemos nisso e faço votos de que você continue recebendo, lendo e comentando nossos materiais.

      Um abraço!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.