Hoje, começa a Copa do Mundo da Rússia! Como acontece a cada quatro anos, pessoas de todo o mundo se prepararam para assistir aos jogos das melhores seleções, dos melhores jogadores, do maior campeonato do esporte mais popular do planeta. Mesmo a população de países que não se classificaram para o Mundial ficam na expectativa pelo começo dos jogos e elegem seus favoritos.

No Brasil, não será diferente. Aliás, muito embora pesquisas apontem queda no interesse do brasileiro pela Copa do Mundo – fenômeno que não é exclusivo ao nosso país – é inevitável que mesmo os mais desinteressados sejam influenciados pelo que acontece no Mundial. O clima de Copa do Mundo é contagiante!

Mas o que é a Copa do Mundo? Em última instância, é apenas uma competição de futebol! E por que ela empolga tanto? Porque é a maior competição!

Isso quer dizer que além de curtirmos futebol, curtimos a competição. Talvez seja correto dizer, inclusive, que as pessoas gostam de futebol por causa da competitividade envolvida.

É justamente sobre competição que eu desejo falar. O ser humano é competitivo por natureza e eu acredito que a nossa capacidade de competir ajudou muito na nossa história evolutiva.

Nossos ancestrais, em tempos remotos, competiam pela comida e pelo abrigo. Competiam para formar e manter uma família e competiam por sua segurança. Competiam para ter uma posição de destaque nas tribos em que habitavam.

Hoje em dia, nós competimos para ter comida e abrigo. Competimos para dar teto, segurança e sustento para as nossas famílias. Competimos para ter uma posição de destaque nas tribos modernas em que habitamos. Perceba que qualquer semelhança com a Pirâmide de Maslow  não é mera coincidência.

Faz sentido que o instinto de proteção que nos ajuda e protege em determinadas situações também nos torna mais competitivos? Faz sentido que atualmente continuamos competindo pelas mesmas coisas que o ser humano sempre competiu?

Caso a resposta for positiva, talvez faça sentido também olhar a Copa do Mundo com outros olhos, pois independentemente do que acontecer no Mundial, a nossa Copa do Mundo nunca terminará!

Ah, vale dizer que isso não é uma crítica. É somente uma reflexão, até porque eu sou um dos milhões que irá acompanhar e torcer neste Mundial.

Boa Copa do Mundo para todos nós!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.