Hoje, vou tomar a liberdade de falar sobre esse assunto, porque a falta de foco, é um dos principais pontos de melhoria que as pessoas manifestam nos processos de Coaching que eu realizo. Também é um dos principais obstáculos a produtividade e qualidade do nosso trabalho. Sem falar no quanto a falta de foco prejudica o nosso crescimento profissional!

A falta de foco faz com que a gente não consiga concluir as tarefas ou projetos. Quando perdemos o foco, perdemos também a capacidade de gerenciar aquela atividade que estávamos fazendo simplesmente porque achamos que conseguimos dar conta de várias coisas simultaneamente.

Um sintoma disso é a quantidade de papeizinhos que vamos acumulando sobre as nossas mesas de trabalho, a quantidade de janelas e arquivos abertos no seu computador ou, ainda, a quantidade de e-mails que lemos e não respondemos. Os sintomas são diversos.

Mas, tem uma coisa que eu acabei percebendo em mim quando eu perco o foco. Ou melhor, acabei percebendo alguns fatores que me fazem perder o foco. Posso dizer que o fator que mais atrapalha minha concentração é a gestão de prioridades. Isso mesmo, priorizar atividades.

A questão é muito simples: quantas atividades ou tarefas você faz durante o dia? Quantas delas estavam planejadas, estavam na sua agenda? Quantas delas são corriqueiras? Quantas são mais demoradas? Essas atividades fazem parte do dia-a-dia de todos, mas a falta de prioridades faz com que nosso dia seja menos produtivo pois estamos menos focados!

Priorizar quer dizer definir o que é mais importante e o que vai ser feito primeiro. Basicamente, tem a ver com começar e terminar uma tarefa sem que ela seja interrompida para começar outra, que será novamente interrompida para começar outra e assim por diante. A falta de foco nos coloca num ciclo vicioso que nos dá a sensação de que trabalhamos muito, mas entregamos pouco.

Por isso, a gestão de prioridades é essencial para que a gente consiga manter o foco. É fundamental saber quais são as atividades que precisam ser entregues naquele dia, naquela hora e naquele momento, pois só assim conseguiremos nos dedicar com mais atenção a ela.

Porém, quando digo isso para as pessoas nas empresas em que eu trabalho, uma pergunta logo vem à tona: “- Fabiano, e o que fazer com esse povo que nos interrompe o tempo todo?” Ou ainda: “- Como eu posso ficar focado se toda hora toca o telefone ou surge uma mensagem para eu responder?”

Vamos, então, com algumas dicas:

  • Desative os alertas sonoros das mensagens que surgem no seu celular
    (whatsapp, facebook, instagram, linkedin, etc);
  • Evite de usar o whatsapp na versão Web, ele vai tirar a sua atenção com bastante frequência;
  • Saiba dizer não para algumas interrupções. Ou melhor, pergunte se a pessoa precisa daquilo que está perguntando naquele momento, pois há muitas pessoas que nos interrompem porque estão mal-acostumadas com isso;
  • Questione a prioridade das tarefas que são passadas para você, pergunte o que deve ser feito em primeiro lugar.

São apenas algumas dicas, mas que eu tenho certeza, ajudam muito; pois eu vejo pessoas aplicando com sucesso essas simples soluções no seu dia-a-dia. Só que, para que elas deem certo, também é preciso ter foco!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.