A quem possa interessar!

Acho que não fomos devidamente apresentados no começo deste ano… Sou o ano de 2018 e escrevo para vocês agora com um objetivo bem simples: agradecer a sua companhia neste período em que estive por aqui.

Olhando para trás, agora eu tenho a certeza de que talvez a nossa convivência teria sido melhor se eu tivesse me apresentado a vocês quando eu comecei os meus trabalhos.

Enquanto eu estive por aqui aconteceram algumas coisas que tornaram a vida de vocês mais difícil. Eu sei disso! Teve Copa do Mundo, eleições, greves e os efeitos de uma crise econômica que eu tenho certeza de que o meu colega que está chegando por aí (o ano de 2019) não vai precisar enfrentar.

Mas eu preciso também que vocês entendam que essas coisas que aconteceram já estavam programadas e eu não tive como deixar de fora da bagagem que eu trouxe comigo quando eu cheguei aqui para fazer companhia para vocês.

Mas eu não quero levar para vocês uma mensagem entristecida, até porque eu tenho certeza de que muitas coisas boas aconteceram em suas vidas. Talvez algumas não tenham sido tão boas assim, mas eu tenho certeza (e acreditem!) que mesmo as coisas difíceis e negativas que aconteceram durante a minha passagem por aqui irão dar bons frutos na companhia do meu colega, o ano de 2019, que logo está chegando.

Aliás, sei que muitos de vocês estão aguardando ansiosamente a chegada dele. Confesso que eu também estou… rsrsrs! Não me levem a mal, mas também estou precisando sair de cena para dar espaço para o ano de 2019. Estive falando com ele e fiquei sabendo que os planos que ele tem para cada um de vocês são muito bons.

Portanto, desde já eu desejo que aproveitem bastante a estadia dele e que a convivência de vocês seja muito positiva. Fiquei sabendo inclusive que ele vai trazer um presente para cada um, mas prometi que eu não posso falar o que é. Ele vai contar pessoalmente para cada um de vocês quando ele chegar, daqui a uns dias.

Eu fiz uma autoanálise a respeito do meu desempenho e cheguei à conclusão de que devo ficar feliz com tudo o que aconteceu. Acabei constatando que eu fui uma espécie de “transição”, um período no qual coisas importantes aconteceram em nossas vidas para fazer com que o ano-novo possa trabalhar com vocês de uma forma bem melhor.

Então eu vou me despedindo de cada um de vocês, agradecendo a convivência diária que tivemos nesses 365 dias. Lembrem sempre que o final de uma jornada nada mais é do que o início de outra, e que a forma como terminamos um ano determina como começaremos o próximo.

Obrigado por tudo! Façam um 2019 feliz!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.